Monitor do PIB

Share

Monitor do PIB

O Monitor do PIB/FGV estima mensalmente o PIB brasileiro em volume, em valor corrente e em valor constante a preços de 1995.

O objetivo da criação do indicador foi prover a sociedade de um indicador mensal do PIB, tendo como base a mesma metodologia das Contas Nacionais Trimestrais (CNT) do IBGE.

O indicador é ajustado às CNT sempre que há mudanças metodológicas e a cada trimestre divulgado. Desta forma, nos trimestres calendários, as médias trimestrais dos índices mensais de volume do Monitor do PIB-FGV serão iguais aos indicadores trimestrais da série encadeada, sem ajuste sazonal, das CNT.

As estimativas do Monitor do PIB-FGV antecedem as Contas Nacionais Trimestrais do IBGE nos meses em que este é divulgado e, nos meses em que não há divulgação, o Monitor representa uma excelente antecipação para as tendências do PIB e seus componentes.

O Monitor do PIB-FGV compõe-se de um relatório descrevendo os principais resultados com ilustrações gráficas e de uma tabela Excel com informações das 12 atividades econômicas que agrupadas formam os 3 setores de atividade (agropecuária, indústria e serviços). Apresenta, ainda, o Valor Adicionado a preços básicos, os impostos sobre os produtos e o PIB. Apresenta também os componentes do PIB pela ótica da demanda.

Principais usos:
Antecipação das tendências do PIB e seus componentes.

Abrangência geográfica:
Nacional.

Desagregações: O Monitor torna disponíveis desagregações que não são divulgadas pelo IBGE, mas que são relevantes para um melhor entendimento da absorção doméstica e da demanda externa. Confira:

Consumo das Famílias - desagregado por categorias de uso em: bens de consumo duráveis, semiduráveis, não duráveis e serviços. Adicionalmente eles são classificados em nacionais e importados;
Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) - desagregado em: máquinas e equipamentos, construção e outros. Para máquinas e equipamentos e outros, há a desagregação entre nacionais e importados;
Exportações e Importações - desagregadas em: produtos agropecuários, produtos da extrativa mineral, produtos industrializados de consumo (duráveis, semiduráveis e não duráveis), produtos industrializados de uso intermediário, bens de capitais e serviços.

Periodicidade:
Mensal.

Série histórica:
2000.