“Brasil ainda precisa melhorar o ambiente de negócios para tirar proveito do reordenamento das cadeias de valor globais”

“Brasil ainda precisa melhorar o ambiente de negócios para tirar proveito do reordenamento das cadeias de valor globais”

Assim como apontado por Claudio Conceição recentemente na coluna Em Foco, e pela pesquisadora associada do FGV IBRE Lia Valls em conversa para o Blog, o ano começou com viés de baixa quando se trata das perspectivas para o ambiente geopolítico e seu impacto na economia global. Do ponto de vista do Brasil, a combinação do avanço da candidatura de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos e o aumento da concentração das exportações brasileiras para a China, por exemplo, é motivo de atenção. Convidado como palestrante do evento Smart Summit 2024, promovido na semana passada no Rio de Janeiro, o pesquisador associado do FGV IBRE Livio Ribeiro reforçou que o cenário externo exige cautela, destacando que o lado meio cheio desse ambiente turbulento – a tendência de reordenamento das cadeias globais de valor, criando oportunidades para o Brasil atrair investimento direto estrangeiro – não será bem explorado se o país não perseverar na agenda de melhoria do ambiente de negócios.

Leia o artigo na íntegra no Blog da Conjuntura