Como aumentar a efetividade de políticas de apoio a empresas?

Fernando Veloso

O anúncio da nova política industrial estimulou um debate intenso sobre o tema. Na última coluna, discuti alguns aspectos da política que me parecem equivocados, como o foco na indústria, a ênfase em conteúdo local e o uso de incentivos para firmas e atividades específicas, que tendem a reforçar a má alocação de recursos que é uma causa fundamental de nossa baixa produtividade.

Nesta coluna vou discutir em mais detalhe minha última crítica, que diz respeito à ausência de um arcabouço baseado em metas claras, monitoramento e avaliação de impacto, o que tende a fazer com que políticas ineficazes continuem a ser adotadas indefinidamente.

Leia o artigo na íntegra no Blog do IBRE