Depois de três quedas consecutivas IAEmp estaciona no resultado de novembro

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) do FGV IBRE ficou estável em novembro ao permanecer em 75,0 pontos. Em médias móveis trimestrais, o IAEmp recuou 0,6 ponto, para 75,5 pontos.

Depois de três quedas consecutivas, o IAEmp estaciona no resultado de novembro, mas ainda não tem muitos motivos para comemorar. O ano de 2023 vai se aproximando do fim e o indicador oscilou muito, permanecendo em patamar baixo em termos históricos. O cenário sugerido pelos últimos resultados é de desaceleração da melhora do mercado de trabalho mesmo em um momento macroeconômico mais favorável. Enquanto não existir sinais claros de aquecimento da atividade econômica, os empresários tendem a ter mais cautela nas decisões de contratação”, avaliou Rodolpho Tobler, economista do FGV IBRE.

Destaques do IAEmp
Em novembro, 4 dos 7 componentes do IAEmp tiveram contribuições positivas, com destaque para o indicador de Situação Atual dos Negócios da Indústria que contribuiu com 0,8 ponto.  Por outro lado, 3 componentes do IAEmp variaram negativamente, com destaque para o indicador de Emprego Local Futuro do Consumidor com contribuição de -1,0 ponto.