FGV IBRE lança Sondagem do Mercado de Trabalho

O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) lança hoje, 6 de dezembro de 2022, a Sondagem do Mercado de Trabalho, uma pesquisa cujo principal objetivo é aprofundar o conhecimento da sociedade sobre o mercado de trabalho brasileiro com informações não encontradas nas estatísticas hoje existentes.

A nova pesquisa do FGV IBRE consultará mensalmente cerca de 2.000 pessoas físicas com mais de 14 anos de idade em todo o território nacional. Seus resultados permitirão mapear, em âmbito nacional, tendências e percepções da população brasileira em relação a diversos assuntos e levando em conta caracterizações sociodemográficas como sexo, faixa etária, renda, escolaridade, entre outras. Com os dados da pesquisa também será possível a realização de análises de resultados desagregados pelas grandes regiões do país.

Neste primeiro relatório são apresentados resultados selecionados dos três primeiros meses de coleta de dados. O primeiro item analisado abaixo representa uma agregação de respostas dadas nos três primeiros meses da pesquisa de campo a duas perguntas: primeiramente, as pessoas são consultadas sobre suas ocupações; aqueles que se identificam como conta própria ou sem registro respondem se gostariam de se formalizar ou de se vincular 
a uma empresa. Os outros itens analisados neste relatório foram pesquisados somente uma vez.

Em agosto, o tema especial da pesquisa foi a satisfação com o trabalho e bem-estar. No mês seguinte, os entrevistados responderam sobre suas expectativas em relação ao futuro do trabalho. Por fim, em outubro as pessoas responderam sobre a sensação de estabilidade e segurança no trabalho. No release são apresentados os principais resultados apurados para estes quesitos.

Acesse aqui a metodologia da Sondagem do Mercado de Trabalho.