Inflação pelo IPC-S acumula alta de 8,47% nos últimos 12 meses

Inflação pelo IPC-S acumula alta de 8,47% nos últimos 12 meses

IPC-S da primeira quadrissemana de junho de 2021 repetiu a taxa de variação apurada na última divulgação, quando havia sido de 0,81% e acumula alta de 8,47% nos últimos 12 meses.

Nesta apuração, quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação. Registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Transportes (1,48% para 1,68%), Despesas Diversas (0,28% para 0,32%), Alimentação (0,26% para 0,29%) e Vestuário (0,65% para 0,84%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: etanol (9,06% para 10,94%), alimentos para animais domésticos (2,32% para 2,98%), frutas (-7,15% para -6,22%) e calçados masculinos (0,85% para 1,21%).

Em contrapartida, os grupos Saúde e Cuidados Pessoais (0,59% para 0,36%), Habitação (1,72% para 1,62%), Educação, Leitura e Recreação (-0,70% para -0,71%) e Comunicação (0,26% para 0,25%) apresentaram recuo em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa, vale citar os itens: artigos de higiene e cuidado pessoal (-0,58% para -0,96%), tarifa de eletricidade residencial (6,53% para 5,34%), passagem aérea (-8,05% para -8,71%) e serviços de streaming (2,70% para 2,23%).

A próxima apuração do IPC-S, com dados coletados até o dia 15.06.2021 será divulgado no dia 16.06.2021.

 

Rio de Janeiro, 08 de junho de 2021.