“Na saúde, temos que criar planos regionais que integrem estados e municípios”

Podcast

“Na saúde, temos que criar planos regionais que integrem estados e municípios”

A Conjuntura de fevereiro, que será distribuída esta semana, tratará dos desafios dos municípios brasileiros em diversos âmbitos. Um dos convidados que nos ajudou a esquadrinhar o terreno da saúde é Gonzalo Vecina, professor da Faculdade de Saúde Pública da USP e da FGV Eaesp, ex-presidente da Anvisa. A seguir, antecipamos os principais trechos dessa conversa:

Qual considera que deverá ser a agenda prioritária dos candidatos a prefeito no campo da saúde?

É importante ter em conta que o espaço do município tem um conjunto de ações que nem o estado nem o governo federal realizarão. A começar pelas questões de saúde pública, como  vigilância epidemiológica e a vacinação. Aí vem uma segunda questão que, que é a atenção primaria. Isso significa ter uma assistência de baixa complexidade próxima ao cidadão, uma distribuição das unidades básicas de saúde principalmente com a estratégia de saúde da família. Pode-se ter programas federais que colaborem para isso, como o Mais Médicos, mas este é só um instrumento para ajudar os municípios a terem médicos; para montar uma rede de fato, os municípios tem que ter infraestrutura adequada.

Leia o artigo na íntegra no Blog da Conjuntura