Sondagens

30/11

A calibragem observada no otimismo dos empresários em outubro, quando os quatro setores monitorados pelas Sondagens do IBRE registraram queda de confiança, veio reforçada nas pesquisas de novembro. A começar pelo setor da construção (leia mais), com uma queda de 5,3 pontos no Índice de Confiança, as demais divulgações que se seguiram nesta semana foram significativamente mais negativas, com exceção da indústria, cuja queda de 3,6 pontos foi em nível com a de outubro, de 3,8 pontos. A variação mais alta foi a do comércio, com uma queda de 10,8 pontos em relação a outubro, saindo de uma área próxima da neutralidade, com 98 pontos, para o terreno do pessimismo, com 87,2 pontos.  

Leia na íntegra no Blog da Conjuntura Econômica.