• Desalento e subocupação: reflexos da desigualdade social no mercado de trabalho.

  • Pesquisadores do FGV IBRE defendem criação de uma autoridade nacional para reforçar arcabouço estatístico brasileiro.

  • Às vésperas das eleições mais acirradas e polarizadas desde a redemocratização, incertezas e desafios aguardam o próximo presidente da República.

  • “Solução para o teto passa por uma acomodação fiscal que permita o crescimento real da despesa”, afirma Manoel Pires.

  • Barômetros Globais apontam melhora puxada pela Ásia, insuficiente para reverter tendência de desaceleração. 

  • Fabio Giambiagi defende que revisão do teto de gastos deve limitar excepcionalidades à despesa primária.

  • Na disputa presidencial mais acirrada desde a redemocratização, com o país dividido, polarizado, indo para uma disputa de segundo turno, reunimos na revista Conjuntura Econômica deste mês uma série de análises e avaliações de pesquisadores do FGV

  • “Ainda não avaliamos adequadamente o legado dos últimos anos para crescimento potencial brasileiro”, afirma Braulio Borges.

  • Mercado de trabalho: depois do efeito recuperação da Covid-19, agora é por conta da economia, afirma Rodolpho Tobler.

  • Ajuste macroeconômico: lições do passado e do presente para o crescimento brasileiro.