Press Releases

Compartilhe

Os releases acompanham os dados levantados para cada um de nossos indicadores e sondagens e têm o objetivo de fornecer conteúdo para a confecção da sua matéria.

Confira abaixo a lista de press releases dos nossos índices e sondagens.

A atividade econômica continua, em janeiro e fevereiro, com sua trajetória de baixo crescimento observada nos três últimos anos. O IAE-FGV aponta crescimento de 0,3% da atividade econômica em fevereiro e crescimento de 0,4% no trimestre móvel findo em fevereiro. Ambas as taxas foram calculadas na série com ajuste sazonal e são comparadas com os períodos imediatamente anteriores.

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getulio Vargas caiu 9,4 pontos em março para 82,6 pontos, menor nível desde junho de 2016 (82,2 pontos). Apesar da queda, o resultado trimestral é 1,0 ponto superior ao trimestre anterior. Em médias móveis trimestrais, o indicador interrompe trajetória positiva ao recuar 2,4 pontos em relação a fevereiro.

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 1,64% em março, percentual superior ao apurado no mês anterior, quando o índice havia registrado taxa de 0,01%. Com este resultado, o índice acumula alta de 1,75% no ano e de 7,01% em 12 meses. Em março de 2019, o índice havia subido 1,07% e acumulava elevação de 8,27% em 12 meses.

O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) de março subiu 0,49%, ficando 0,47 ponto percentual (p.p.) acima de fevereiro quando o índice registrou taxa de 0,02%. Com este resultado, o indicador acumula alta de 1,07% no ano e 3,88% nos últimos 12 meses. Em março o IPC-BR variou 0,34%. A taxa do indicador nos últimos 12 meses ficou em 3,44%, nível abaixo do registrado pelo IPC-C1

IPC-S de 31 de março de 2020 registrou variação de 0,34%, ficando 0,16 ponto percentual (p.p.) acima da taxa divulgada na última apuração. Todas as sete capitais pesquisadas registraram acréscimo em suas taxas de variação.

O IPC-S de 31 de março de 2020 subiu 0,34%, ficando 0,16 ponto percentual (p.p) acima da taxa registrada na última divulgação. Com este resultado, o indicador acumula alta de 0,92% no ano e 3,44% nos últimos 12 meses. 

O Índice de Confiança Empresarial (ICE) da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) caiu 6,5 pontos em março, para 89,5 pontos, menor nível desde setembro de 2017 (88,5 pontos). 

O Monitor do PIB-FGV aponta, na análise da série dessazonalizada, crescimento de 0,7%, na atividade econômica em janeiro, em comparação a dezembro e de 0,2% no trimestre móvel findo em janeiro, em comparação ao findo em outubro. Na comparação interanual a economia também apresentou crescimento de 1,2% tanto em janeiro quanto no trimestre móvel findo em janeiro.

O Índice de Confiança de Serviços (ICS), da Fundação Getulio Vargas, caiu 11,6 pontos em março, para 82,8 pontos, acumulando queda de 13,4 pontos no primeiro trimestre de 2020. Em médias móveis trimestrais, o índice recuou 4,5 pontos. 

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 1,24% em março, após cair de 0,04% em fevereiro. Com este resultado, o índice acumula alta de 1,69% no ano e de 6,81% em 12 meses. Em março de 2019, o índice havia sido de 1,26% e acumulava alta de 8,27% em 12 meses. Os três componentes do IGP-M apresentaram as seguintes trajetórias na passagem de fevereiro para março: IPA, de -0,19% para 1,76%, IPC, de 0,21% para 0,12% e INCC, de 0,35% para 0,38%