Press Releases

Compartilhe

Os releases acompanham os dados levantados para cada um de nossos indicadores e sondagens e têm o objetivo de fornecer conteúdo para a confecção da sua matéria.

Confira abaixo a lista de press releases dos nossos índices e sondagens.

IPC-S de 07 de novembro de 2020 variou 0,59%, ficando 0,06 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa divulgada na última apuração. Seis das sete capitais pesquisadas registraram decréscimo em suas taxas de variação.

O IGP-M subiu 2,67% na primeira prévia de novembro. Em outubro, no mesmo período de apuração, este índice havia registrado taxa de 1,97%. Com este resultado, a taxa em 12 meses passou de 19,45% para 23,79%. Os três componentes do IGP-M apresentaram as seguintes trajetórias, na passagem da primeira prévia de outubro para a primeira prévia de novembro: IPA, de 2,45% para 3,48%, IPC, de 0,64% para 0,41%, e INCC, de 1,26% para 1,31%. 

Os Barômetros Globais Coincidente e Antecedente da Economia sinalizam continuidade da tendência de retomada da atividade econômica mundial em novembro, após apresentarem resultados dúbios no mês anterior. A evolução favorável foi bastante influenciada pelos barômetros da região da Ásia, Pacífico & África.  

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getulio Vargas subiu 2,9 pontos em outubro, para 84,9 pontos. Apesar da sexta alta consecutiva, há uma desaceleração na recuperação do indicador desde julho. Em médias móveis trimestrais, o IAEmp avançou 6,3 pontos, para 80,6 pontos.

O IPC-S de 07 de novembro de 2020 variou 0,59%, ficando 0,06 ponto percentual (p.p) abaixo da taxa registrada na última divulgação. Com este resultado, o indicador acumula alta de 3,69% no ano e 4,49% nos últimos 12 meses.

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 3,68% em outubro. No mês anterior a taxa havia sido de 3,30%. Com este resultado, o índice acumula alta de 19,02% no ano e de 22,12% em 12 meses. Em outubro de 2019, o índice havia variado 0,55% e acumulava alta de 3,29% em 12 meses. Na passagem de setembro para outubro, os três componentes do IGP-DI apresentaram as seguintes trajetórias: IPA, de 4,38% para 4,86%, IPC, de 0,82% para 0,65%, e INCC, de 1,16% para 1,73%.

O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) de outubro variou 0,71%, ficando 0,18 ponto percentual (p.p.) abaixo de setembro quando o índice registrou taxa de 0,89%. Com este resultado, o indicador acumula alta de 3,86% no ano e 4,54% nos últimos 12 meses.

IPC-S de 31 de outubro de 2020 variou 0,65%, ficando 0,14 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa divulgada na última apuração. Todas as sete capitais pesquisadas registraram decréscimo em suas taxas de variação.

O IPC-S de 31 de outubro de 2020 variou 0,65%, ficando 0,14 ponto percentual (p.p) abaixo da taxa registrada na última divulgação. Com este resultado, o indicador acumula alta de 3,09% no ano e 4,38% nos últimos 12 meses.

“O Índice de Confiança Empresarial (ICE) da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) recuou 0,4 ponto em outubro, para 97,1 pontos, após subir por cinco meses consecutivos.”