Área de livre-comércio da América do Sul: desafios e oportunidades

Compartilhe

A agenda de acordos comerciais do Brasil, como membro do Mercosul, tem avançado como mostra o término das negociações com a União Europeia e o EFTA (Suíça, Noruega, Islândia e Liechtenstein). A entrada em vigor desses acordos, porém, ainda depende da aprovação pelos Congressos dos países membros. Em adição, o governo sinalizou que as negociações com a Coreia do Sul poderão ser concluí­das em 2020, assim como com o Canadá e Singapura.