Sumário

Revista Conjuntura Econômica |Setembro de 2021

Carta do IBRE
O espaço fiscal para além das angústias do ano eleitoral – Luiz Guilherme Schymura

Ponto de Vista
Orçamento de 2022, mais confusão pela frente - Samuel Pessôa

Entrevista
Fernando de Holanda Barbosa Filho – Claudio Conceição e Solange Monteiro

Macroeconomia
As emendas parlamentares como novo mecanismo de captura do Orçamento – Paulo Hartung, Marcos Mendes e Fabio Giambiagi
Não é hora para mais incertezas, ainda mais tributárias – José Roberto R. Afonso, Geraldo Biasoto Jr. e Murilo Ferreira Viana

Capa | Retomada
Alinhar expectativas – Solange Monteiro

Infraestrutura
Coordenar incentivos – Solange Monteiro

Energia
Maio de 2021: turning point para a indústria de óleo e gás – Fernanda Delgado e Luiz Augusto Horta Nogueira

Transporte
O transporte público no Brasil na encruzilhada do pós-pandemia – Joisa Dutra e Filipe Cardoso

Comércio Exterior
Os déficits da indústria de transformação: uma radiografia – Lia Baker Valls Pereira

Carta do IBRE

Recentemente, as expectativas fiscais no Brasil voltaram a piorar na percepção dos agentes do mercado financeiro.

Nota do editor

A atividade econômica ficou estagnada no segundo trimestre do ano, depois de três altas consecutivas. O Produto Interno Bruto (PIB) recuou 0,1% em relação ao primeiro trimestre do ano, puxado por quedas na agropecuária, de 2,8%, na indústria, de 0,2%, e nos investimentos, de 3,6%.

Tema principal

Revista Conjuntura Econômica |Setembro de 2021

Variante Delta e persistência do desarranjo nas cadeias produtivas forçam a uma revisão global das perspectivas econômicas