Sumário

Revista Conjuntura Econômica | setembro de 2022

Carta do IBRE
Riscos fiscais de 2023 estão mapeados, mas ainda falta uma solução para o Orçamento - Luiz Guilherme Schymura

Ponto de Vista
Completou-se a recuperação pós-pandemia - Samuel Pessôa

Entrevista
Natalie Unterstell  – Solange Monteiro
Lia Baker Valls Pereira – S.M.

Macroeconomia
Desafio revigorado da poupança de longo prazo - José Roberto R. Afonso e Thiago Felipe R. Abreu

Capa | Panorama global
A agenda do Brasil em um mundo em transição - Solange Monteiro

Saneamento
Como acelerar o acesso ao saneamento - Luiz Firmino Martins Pereira, Luciana de Andrade Costa e Morganna Capodeferro

Comércio Exterior
A América do Sul na agenda da política externa brasileira – Lia Baker Valls Pereira

Índices
I Índices Econômicos
X Conjuntura Estatística

Carta do IBRE

Os indicadores fiscais seguem em perspectiva de evolução favorável no curto prazo, mas é crescente a incerteza para o próximo ano. No orçamento de 2023, recentemente divulgado, muitos itens importantes ficaram de fora e a peça orçamentária pode não ser o melhor guia para o desafio fiscal do próximo ano.

Nota do editor

O PIB cresceu 1,2% no segundo trimestre, acima das previsões de mercado. Com isso, o semestre fecha com uma expansão de 2,5%, segundo mostra o IBGE.

Tema principal