Sondagem do Comércio

Compartilhe

ICOM de outubro de 2015

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas recuou 2,3% em outubro, atingindo 80,6 pontos, o menor nível da série histórica, iniciada em março de 2010, pelo sexto mês consecutivo. O resultado sucede quedas de 4,0%, em setembro, e 4,0%, em agosto.

ICOM de setembro de 2015

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas manteve, em setembro, a trajetória de declínio observada ao longo de 2015, ao variar -4,1% em relação ao mês anterior. Após a quinta queda consecutiva, o índice atingiu 82,6 pontos, o menor nível da série histórica iniciada em março de 2010. O resultado sucede quedas de -4,1%, em agosto, e -0,9%, em julho.

ICOM de agosto de 2015

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas recuou 4,1% entre julho e agosto de 2015. Após a quarta queda consecutiva, o índice atingiu 86,1 pontos, o menor nível da série histórica iniciada em março de 2010

ICOM de julho de 2015

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas recuou 1,0% entre junho e julho, considerando-se dados ajustados por sazonalidade. Com o resultado, o índice atingiu 89,8 pontos, mínimo histórico da série iniciada em março de 2010.

ICOM de abril de 2015

Após cinco quedas consecutivas, o Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas avançou 0,4% entre março e abril de 2015, ao passar de 92,0 para 92,4 pontos. Medido em médias móveis trimestrais, o índice manteve a tendência negativa.

ICOM de fevereiro de 2015

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas manteve tendência de queda em fevereiro, ao variar -8,8% frente ao mês anterior, o maior recuo mensal da série iniciada em março de 2010. Após a quarta queda consecutiva, o índice atingiu 97,9 pontos, menor nível da série histórica. 

ICOM de janeiro de 2015

O Índice de Confiança do Comércio (ICOM) da Fundação Getulio Vargas registrou queda, ao variar -1,5% entre dezembro de 2014 e janeiro de 2015. Com o novo recuo, o índice atingiu 107,3 pontos, o menor nível da série iniciada em março de 2010. 

Inscrever-se em Sondagem do Comércio