Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR)

Compartilhe

IVAR de janeiro de 2023

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) variou 4,20% em janeiro de 2023, o que representa uma aceleração em relação à taxa mensal de -1,19% registrada no mês anterior. Com o resultado, a taxa acumulada em 12 meses passou de 8,25% em dezembro de 2022 para 10,74% em janeiro de 2023. 

IVAR de novembro de 2022

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) varia -0,36% em novembro de 2022, o que representa uma desaceleração em relação à taxa mensal de 0,10% registrada no mês anterior. Com o resultado, a taxa acumulada em 12 meses passou de 11,56% em outubro para 10,28% em novembro.

IVAR de outubro de 2022

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) varia 0,10% em outubro de 2022, o que representa uma aceleração em relação à taxa mensal de -0,02% registrada no mês anterior. Com o resultado, a taxa acumulada em 12 meses passou de 11,37% em setembro para 11,56% em outubro.

IVAR de setembro de 2022

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) cai 0,02% em setembro de 2022, o que representa uma desaceleração em relação à taxa mensal de 1,76% registrada no mês anterior. Com o resultado, a taxa acumulada em 12 meses passou de 10,41% em agosto para 11,37% em setembro.

IVAR de agosto de 2022

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) subiu 1,76% em agosto de 2022, o que representa uma aceleração em relação à taxa mensal de 1,05% registrada no mês anterior. Com o resultado, a taxa acumulada em 12 meses passou de 8,65% em julho para 10,41% em agosto.

IVAR de julho de 2022

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) subiu 1,05% em julho de 2022, o que representa uma aceleração em relação à taxa mensal de -0,31% registrada no mês anterior. Com o resultado, a taxa acumulada em 12 meses passou de 8,05% em junho para 8,65% em julho.

IVAR de junho de 2022

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) caiu 0,31% em junho de 2022, o que representa uma desaceleração em relação à taxa mensal de 0,59% registrada no mês anterior. Com o resultado, a taxa acumulada em 12 meses passou de 8,83% em maio para 8,05% em junho. 

IVAR de maio de 2022

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) subiu 0,59% em maio de 2022, o que representa uma desaceleração em relação à taxa mensal de 0,82% registrada no mês anterior. Com o resultado, o índice passa a acumular variação de 8,83% em 12 meses, a maior nesta base de comparação desde o início da série histórica, em janeiro de 2019. 

IVAR de abril de 2022

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR) subiu 0,82% em abril de 2022, o que representa uma estabilidade em relação à taxa mensal de 0,81% registrada no mês anterior. Com o resultado, o índice passa a acumular variação de 8,24% em 12 meses, a maior nesta base de comparação desde o início da série histórica, em janeiro de 2019. 

Inscrever-se em Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (IVAR)